Economia circular: como diminuir custos com resíduos industriais

Não é novidade para ninguém que, durante anos, o modelo de produção industrial adotado pela sociedade não se preocupava com os seus resíduos gerados, sendo eles, muitas vezes, descartados de forma irresponsável na natureza.

Felizmente, com o passar dos anos, esse cenário começou a dar espaço para o crescimento de um novo modelo econômico, o qual consegue gerar benefícios tanto para a empresa quanto para o meio ambiente: a economia circular.

Mas, você já sabe do que se trata esse modelo mencionado e quais são os seus reflexos na indústria? Para responder a esses e outros questionamentos, assim como explicar a importância de sua aplicação e as vantagens de inserir os resíduos na economia circular, preparamos este post. Continue a leitura e confira!

O que é a economia circular?

De acordo com Paulo Henrique Bellingieri, engenheiro e Diretor da Reúsa, a economia circular é baseada em um modelo que visa valorizar ao máximo qualquer tipo de produto e material disponível, mesmo se tratando de resíduos os quais tradicionalmente não eram aproveitados no passado.

Com isso, a economia circular visa repensar o ciclo que envolve a produção de resíduos, deixando assim o modelo linear tradicional (extrair, transportar, processar, consumir, descartar) e adotando um padrão mais sustentável e, ao mesmo tempo, lucrativo, com base no reprocessamento dos materiais que seriam descartados e a sua posterior reutilização como matéria-prima secundária.

Outro ponto interessante sobre a economia circular é que as suas medidas não se restringem aos processos que envolvem a reutilização dos resíduos. Isso porque elas também incluem:

  • não geração;
  • redução na geração;
  • reparo;
  • reforma;
  • reaproveitamento energético de todos os produtos e materiais envolvidos.

O Diretor da Reúsa destaca ainda que, na prática, a economia circular implica na redução considerável do desperdício na indústria, já que ela permite a reutilização dos produtos que chegam ao fim de sua vida útil.

Exemplos de resíduos

Em relação a esse ponto, Paulo Henrique deixa claro que não há restrições acerca do tipo de resíduo que pode ser inserido na economia circular, ou seja, toda e qualquer forma de rejeito industrial pode encontrar o seu adequado ciclo de reprocessamento.

Órgãos envolvidos

Por se tratar de uma metodologia que, em um primeiro momento, nos indica uma responsabilidade maior no setor industrial, o Diretor da Reúsa destaca que a economia circular deve envolver o máximo de esferas possíveis.

Em outras palavras, esses órgãos incluem desde os governos e as empresas públicas e privadas, até as universidades e a sociedade em geral. Esse engajamento de todas as camadas da sociedade é primordial para que a economia circular de fato funcione de forma eficiente.

Para compreendermos melhor a importância da participação ativa desses setores, basta analisarmos o papel que cada um deles assume nesse novo modelo econômico.

Governos

Como papel dos governos, podemos destacar a criação de políticas públicas que visam promover e estimular as práticas de reciclagem e o fortalecimento das instituições governamentais que fiscalizam as questões ambientais de cada município.

Setores industriais

Sobre as responsabilidades das empresas dentro da economia circular, temos a redução do consumo de matérias-primas, a inserção de processos dentro da cadeia de produção — que visam reduzir a geração de resíduos — e a garantia da finalidade adequada de todos os rejeitos industriais produzidos.

Universidades

Já as universidades assumem um papel imprescindível no quesito pesquisa, essencialmente aquelas que envolvem o desenvolvimento de novas técnicas de reciclagem e reutilização de materiais. Além disso, também tem papel fundamental no desenvolvimento da consciência sustentável.

Sociedade civil

Por fim, a sociedade também precisa entender que tem um papel importante dentro da economia circular, o qual envolve, principalmente, a redução do consumo exagerado e a promoção de coleta seletiva na própria casa.

Qual é o papel da economia circular na indústria?

Sobre a função primordial da economia circular na indústria, Paulo Henrique cita a garantia de aliar desenvolvimento econômico ao melhor uso de recursos naturais, por meio de novas oportunidades de negócios e da otimização na fabricação de produtos.

Ou seja, a economia circular nos permite depender cada vez menos de matéria-prima virgem por meio da priorização de insumos renováveis e recicláveis.

Quais são as vantagens de inserir os resíduos na economia circular?

São várias as vantagens de inserir os resíduos na economia circular. Dentre alguns deles, o Diretor da Reúsa aponta:

  • redução de custos e perdas produtivas dentro da indústria;
  • criação de novas fontes de receita por meio da capitalização dos resíduos;
  • fomento do mercado de troca de resíduos e o consequente fortalecimento da bolsa de resíduos industriais;
  • minimização dos impactos ambientais, visto que cada vez menos resíduos serão despejados na natureza;
  • aumento da segurança do trabalho e conforto ocupacional, já que a economia circular também envolve a promoção da gestão correta de resíduos classificados como perigosos.

Outra enorme vantagem e que também merece ser enfatizada é que, desde o surgimento e o posterior crescimento da economia circular, milhões de toneladas de resíduos deixaram de ir para o aterro sanitário, passando assim a representar tanto uma renda econômica, como uma diminuição do volume de lixo nesses locais.

Bolsa de resíduos

No Brasil, o mercado atual de troca, compra e venda de resíduos industriais alcançou um patamar tão elevado, que foi possível criar uma bolsa de resíduos.

Contando com mais de 55 empresas cadastradas, essa bolsa funciona como uma espécie de ferramenta que visa organizar, regulamentar e otimizar o mercado de resíduos, facilitando assim as atividades comerciais tanto das empresas que desejam vender seus rejeitos, quanto daquelas que desejam comprá-los.

Sendo assim, conseguimos perceber com mais clareza o que é a economia circular, qual é o seu papel e de que forma ela beneficia a indústria e a sociedade em geral.

Vale realçarmos ainda que a eficiência da aplicação desse novo modelo econômico, como mencionamos, envolve a participação e o comprometimento de todos os setores da sociedade, os quais precisam passar a enxergar os resíduos industriais e as demias formas de lixo como sendo potenciais recursos econômicos e financeiros.

Está procurando por uma empresa especializada em tratamento e gestão adequada de resíduos classificados como perigosos? Entre em contato conosco e veja todas as vantagens que podemos lhe oferecer!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Warning: Use of undefined constant CHORUS_USER_ID - assumed 'CHORUS_USER_ID' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/storage/3/d1/4b/reusa1/public_html/blog/wp-content/mu-plugins/chorus-core/integrations/index.php on line 23

Warning: Use of undefined constant CHORUS_HUBSPOT_SERVICE_URL - assumed 'CHORUS_HUBSPOT_SERVICE_URL' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/storage/3/d1/4b/reusa1/public_html/blog/wp-content/mu-plugins/chorus-core/integrations/index.php on line 24