Como a Reúsa faz a gestão dos resíduos industriais contaminados com hidrocarboneto?

Durante a produção industrial, é inevitável que sejam gerados resíduos. Eles podem ser sólidos, líquidos ou gasosos e ter diferentes composições, sendo que alguns apresentam riscos ao meio ambiente e à saúde das pessoas quando não descartados de forma correta.

Entre eles, estão os resíduos industriais contaminados com hidrocarbonetos. Esses resíduos são bastante tóxicos e exigem uma boa gestão durante toda a sua manipulação. A Reúsa é especializada em gestão de resíduos industriais e pode ser uma ótima solução para indústrias que possuem esse tipo de problema.

Quer saber como a gente faz a gestão de resíduos industriais contaminados com hidrocarbonetos? Então continue a leitura e descubra agora mesmo!

O que é a gestão de resíduos industriais contaminados e qual a sua importância?

A gestão de resíduos industriais contaminados é um plano de ação que tem como objetivo aplicar o melhor tratamento para esse tipo de material. Ele deve levar em consideração as características físico-químicas e biológicas do resíduo, entendendo bem a sua composição de forma a escolher o melhor destino, que cause menos impacto ao meio ambiente e aos seres humanos.

Portanto, a gestão exige um processo completo, desde a classificação, caracterização e quantificação do resíduo, passando pelo acondicionamento e indo até o descarte correto do material. É por isso que, para uma gestão eficiente, é preciso realizam um bom planejamento e um plano de gerenciamento de resíduos (PGR).

Esse processo é muito importante e deve ser realizado com cuidado. Afinal, você está lidando com grandes quantidades de resíduos, podendo ser poluentes, corrosivos, tóxicos e prejudiciais à saúde humana e ao meio ambiente. Além disso, essa é uma exigência por parte da legislação, sendo importante que a indústria tenha cuidado para evitar multas ambientais, advertências e até mesmo a perda de licenças de operação.

Por fim, vale lembrar que a gestão correta dos resíduos industriais contribui para a diminuição do impacto ambiental e impulsiona a imagem de empresa sustentável no mercado, aumentando seu poder de concorrência.

Qual o problema dos resíduos contaminados com hidrocarboneto?

Os hidrocarbonetos são elementos químicos formados pela ligação entre carbono e hidrogênio. Na natureza, a sua principal fonte é o petróleo e eles podem estar presentes em resíduos de uma série de indústrias, como a produção de alumínio e o processamento de petróleo, por exemplo.

O problema é que os hidrocarbonetos são muito perigosos e poluentes quando descartados de forma inadequada ou negligente. Isso porque eles geram sérios danos à saúde das pessoas e ao meio ambiente.

No meio ambiente, os hidrocarbonetos causam impactos muito graves, já que eles podem ser bioacumulativos, contaminando o solo e a água e causando morte de peixes e outros animais aquáticos. Além disso, podem trazer uma série de problemas para as pessoas que têm contato com esse material, prejudicando a saúde.

Quando há o contato de óleos de corte e óleos solúveis com a pele, por exemplo, a pessoa contaminada pode ter dermatites. Já os hidrocarbonetos derivados do petróleo — chamados de hidrocarbonetos de origem orgânica — possuem o poder de retirar a gordura natural da pele, causando ressecamento. Além disso, as pessoas podem se contaminar de outras formas, como ao ingerir água e alimentos com esses resíduos e, até mesmo, a inalação, que causa doenças respiratórias.

Vale destacar, uma classe de hidrocarbonetos bastante estudada: os Hidrocarbonetos Policíclicos Aromáticos (HPAs). Eles podem permanecer no meio ambiente por longos períodos, sem serem alterados pela natureza. Além disso, possuem alto potencial carcinogênico, extremamente prejudicial para a saúde das pessoas.

Como é feito o gerenciamento de resíduos industriais contaminados com hidrocarbonetos pela Reúsa?

Para entender as necessidades do resíduo, é preciso conhecer todo o processo produtivo da indústria. É por isso que a Reúsa se preocupa com a geração in loco e inteira-se sobre a forma de disposição e armazenamento dos resíduos. É a partir disso que a empresa faz um estudo para identificar o tipo de hidrocarboneto presente no material. Só assim é possível classificar e caracterizar o resíduo corretamente para iniciar o plano de gestão.

Também é necessário verificar a mistura presente no resíduo, de forma a analisar se há algum componente que inviabiliza a destinação final prevista. Para identificar esses elementos, a Reúsa realiza uma análise química completa. Após esse estudo, é proposto um plano de gerenciamento de resíduos (PGR) de acordo com a Política Nacional de Resíduos Sólidos.

“Devido à atenção e cuidado que esse tipo de resíduo requer, a atuação de uma empresa especializada se torna fundamental, pois para dar a melhor e mais nobre destinação ao resíduo industrial, é necessário um diagnóstico e um estudo prévio do processo gerador. Assim, o resíduo pode ser valorizado e o impacto ambiental reduzido.” – Paulo Henrique Bellingieri – Diretor da Reúsa

Quais são os diferenciais da Reúsa?

A Reúsa é uma empresa com experiência e tradição quando se fala em gerenciamento de resíduos industriais. Ela possui profissionais altamente capacitados e entendimento sobre os mais variados tipos de indústria, atendendo empresas de todos os segmentos.

“A Reúsa possui muitas soluções para o gerenciamento de resíduos contaminados e sempre prioriza a valorização do resíduo, buscando encontrar a melhor e mais completa solução.” – Paulo Henrique Bellingieri – Diretor da Reúsa

Além disso, vale destacar a preocupação da Reúsa com as formas de agregar valor ao resíduo. No caso dos hidrocarbonetos, por exemplo, a maioria dos resíduos são óleos. Dessa forma, a Reúsa busca realizar o refino para posterior reaproveitamento e, até mesmo, o coprocessamento. Assim, é possível reduzir impactos ambientais e consolidar uma política de sustentabilidade e valorização do resíduo em coerência com os ideais da empresa.

Quais os problemas de não realizar o gerenciamento de resíduos industriais contaminados com hidrocarbonetos de forma correta?

A gestão desse tipo de resíduo deve ser realizada de forma criteriosa e cuidadosa. Afinal, a negligência nesse aspecto pode trazer uma série de problemas para a empresa.

Em primeiro lugar, a organização é exposta a diversos riscos, como multas ambientais elevadas e perda da licença de operação. Ela pode, inclusive, perder a sua credibilidade no mercado. Além disso, ainda causa uma série de impactos ambientais e coloca a saúde das pessoas em risco, demonstrando irresponsabilidade e falta de ética.

Portanto, como você pode perceber, o gerenciamento de resíduos industriais contaminados com hidrocarbonetos é assunto sério. Dessa forma, é importante realizar esse processo de forma responsável e cuidadosa, contando com uma empresa especializada e com tradição no mercado para dar suporte durante esse momento.

Portanto, entre em contato com a Reúsa agora mesmo e descubra as nossas soluções no que se refere ao gerenciamento de resíduos industriais!

Entrevista: https://tech.rockcontent.com/interview/5fa74e58-5ec8-4270-a21c-202486b57c5e 

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Warning: Use of undefined constant CHORUS_USER_ID - assumed 'CHORUS_USER_ID' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/storage/3/d1/4b/reusa1/public_html/blog/wp-content/mu-plugins/chorus-core/integrations/index.php on line 23

Warning: Use of undefined constant CHORUS_HUBSPOT_SERVICE_URL - assumed 'CHORUS_HUBSPOT_SERVICE_URL' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/storage/3/d1/4b/reusa1/public_html/blog/wp-content/mu-plugins/chorus-core/integrations/index.php on line 24