A Reúsa é responsável pelo gerenciamento total dos resíduos sólidos do Aeroporto Leite Lopes.

O trabalho consiste no recebimento, triagem e separação dos resíduos sólidos. O material reciclável é encaminhado pela Reúsa para a Cooperativa de Agentes Ambientais Mãos Dadas, da cidade de Ribeirão Preto.

banner reúsa gestão ambiental - aeroportos

A empresa elaborou e implantou o Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos em 2015 e mantém estrutura própria em área anexa ao Aeroporto. A Reúsa implantou coletores para entrega voluntária dos resíduos no saguão e em toda a área do aeroporto, terminal de passageiros, lojas e lanchonetes, setor administrativo e nas áreas externas, próxima ao terminal de táxi e estacionamentos.

A Reúsa Conservação Ambiental também é responsável pela coleta e destinação dos resíduos do grupo B: pilhas, baterias e lâmpadas fluorescentes.

Os resíduos coletados dos sanitários das aeronaves são enquadrados como infectantes (Resíduos grupo A), de acordo com a Resolução RDC 56 e adequadamente armazenados. A empresa também está apta a promover a gestão de FODs (foreign object damage) em áreas de movimento dos aeroportos.

Além da operação deste Aeroporto, a empresa foi responsável pela elaboração do Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos de seis aeroportos administrados pelo Daesp que recebem voos comerciais

O trabalho consiste no recebimento, triagem e separação dos resíduos sólidos.

Quer saber mais?